História de Nantes

      A história de Nantes começa na década de 1920, numa área localizada no sudoeste do Estado de São Paulo, divisa com o Paraná, onde a luta pela terra foi marcada por violentos conflitos entre pessoas movidas por um sonho - o de possuir um pedaço de chão.

      Os primeiros a ocupar a região onde hoje se encontra o município foram as famílias Nunes, Oliveira, Alves de Oliveira, Ramos de Oliveira, Nantes e outros, por volta de 1925.

      Eles vinham para trabalhar na exploração de madeira - produto abundante na época.

      A luta pela posse de terras era intensa, carregada de tensão e de agressividade. Como as terras da região eram devolutas, aconteceram grandes conflitos entre os posseiros.

      Um dos desbravadores e também fundador de Nantes foi o português Aires Pinto. Este português chegou por volta de 1935, quando instalou uma serraria, dando início ao patrimônio de Coroados, assim batizado por estar situado nas proximidades do rio cujo nome surgiu a partir da existência dos índios Coroados na região.

      O aumento da população propiciou a instalação de vários estabelecimentos comerciais. Em 1941, foi fundado o primeiro armazém da cidade. Em 1942 funda-se a primeira pensão.

      Depois, outros estabelecimentos foram instalados no município. Em 1943, foi construída a primeira igreja em louvor a São Sebastião, a primeira farmácia, bem como outros armazéns, açougues, bares e até uma casa de charque, que pertencia a Messias Nantes.

      Em 1946, foi construída a primeira escola, que recebeu o nome de Escola Mista Água do Coroados.

      No ano de 1953, o patrimônio Coroados torna-se distrito do município de Iepê, pela lei n.º 2.456 de 30 de dezembro, com o nome de Nantes, em homenagem a Messias Nantes, morto num conflito pela posse de terras.

      O distrito cresceu, mas, só se transformou em município, depois que um grupo de lideranças da comunidade decidiu iniciar o movimento pela emancipação, por volta de 1990. Em 1.995, Nantes foi emancipado após Plebiscito realizado em 21 de maio de 1995, e por meio da lei n.º 9.330.

      A primeira eleição municipal de Nantes aconteceu em 03 de outubro de 1996, tendo sido eleito prefeito Aurélio Pereira dos Santos que assumiu o cargo em 01 de janeiro de 1997. A primeira Câmara Municipal de Nantes ficou composta por nove vereadores: Ananias Dias Martins (PPB); Celso de Souza; Edmur Ribeiro de Castro (PFL), João Pires Gonçalves (PSDB); José Celso Luiz Ferreira (PPB), José Higino de Freitas (PFL); Sueli Lopes (PPB), Trajano de Souza (PSDB) e Vivaldo Antônio dos Santos (PFL).

      OBS: As informações sumárias aqui arroladas foram baseadas em pesquisas junto a órgãos públicos, documentos escritos, depoimentos orais, e as pessoas remanescentes dos tempos da fundação do primeiro vilarejo.